Os responsáveis técnicos do circuito europeu da Federação Internacional de Esqui que se deslocaram à estação andorrana avaliaram positivamente os dois cenários de competição e a boa estruturação em todas as áreas apresentadas pelo Comité Organizador
Los responsables técnicos del circuito europeo de la Federación Internacional de Esquí desplazados en la estación andorrana valoran positivamente los dos escenarios de competición y la buena disposición en todas las áreas presentadas por el Comité Organiz

Andorra la Vella, 12 de julho de 2021. Os setores de Soldeu El Tarter de Grandvalira receberam, entre sábado e hoje, a visita dos responsáveis técnicos da Federação Internacional de Esqui (FIS) do circuito da Taça da Europa masculina e feminina de esqui alpino. O encontro teve como objetivo tratar em detalhe todos os aspetos relacionados com a organização das Finais da Taça da Europa 2022, numa perspetiva desportiva, técnica e operacional.

Na reunião participaram, por parte da FIS, o coordenador técnico e administrativo de esqui alpino, Janez Fleré; o coordenador da Taça Continental e da Taça da Europa feminina, Jordi Pujol; o coordenador da Taça da Europa masculina, Wim Rossel e o responsável pelo controlo de equipamentos da Taça da Europa, Matjas Vrecl. Por parte do Comité Organizador, estiveram presentes o diretor-geral das Finais da Taça da Europa, David Hidalgo; o diretor da corrida, Santi López e outros membros da equipa organizadora local. Também assistiu o administrador da Federação Andorrana de Esqui (FAE), Carles Visa.

Durante os dois últimos dias, os responsáveis da FIS inspecionaram e validaram os traçados que servirão de cenário à competição em Grandvalira. Por um lado, visitaram a pista Avet do setor Soldeu, confirmando os pontos de saída do Gigante e do Slalom masculino e feminino. E, por outro, aprovaram os traçados da pista Àliga do setor El Tarter, onde terão lugar as provas de velocidade, Descida livre e Supergigante.

Relativamente à avaliação dos preparativos, Wim Rossel afirmou que "a inspeção foi um êxito e cumpriu todos os requisitos". Jordi Pujol destacou que a visita "serve para nos pormos em dia, após tantos meses. Embora tenhamos descido as duas pistas muitas vezes, é sempre bom fazê-lo novamente com todos os envolvidos, maquinistas, técnicos de pista, eletricistas, etc. e detetar todos os aspetos que a organização possa melhorar."

Pela sua parte, o diretor-geral das Finais da Taça da Europa 2022, David Hidalgo, salientou que "a equipa do Comité Organizador volta a estar entusiasmada e a fazer um bom trabalho. Houve muito boa colaboração e sintonia com os membros da FIS." O objetivo é fazer com que as Finais da Taça da Europa contem com o apoio e a participação de todo o país, num ano que voltará a ser um teste para as Finais da Taça do Mundo de 2023." Por sua vez, Santi López explicou que a visita "correu muito bem, para comparar necessidades entre a organização e a FIS, de modo a realizar um bom evento em todos os sentidos. Temos à nossa frente uns meses importantíssimos para seguir as orientações e desenvolver no terreno todos os aspetos tratados durante a inspeção."

 

Durante a visita, também foi assinado o documento de compromisso entre a Federação Internacional de Esqui (FIS), a Federação Andorrana de Esqui (FAE) e o Comité Organizador no qual se pormenorizam os acordos dos diferentes aspetos organizativos, como o programa, os detalhes técnicos das pistas e das corridas, os recursos humanos e técnicos da estação para corresponder ao evento, a localização das salas de imprensa, o alojamento, os pontos de acolhimento destinados às equipas e a sala de acreditações, entre outros.

Um dos objetivos com que Grandvalira encara as Finais da Taça da Europa é que o evento se situe ao nível desportivo e organizativo de umas Finais da Taça do Mundo.

 

Em memória de Gian Franco Kasper

Durante a visita, as equipas dedicaram um minuto de silêncio a Gian Franco Kasper, ex-presidente da FIS durante os últimos 23 anos que faleceu na passada sexta-feira. Kasper dedicou praticamente toda a sua vida à FIS e ao esqui, deixando a presidência há cerca de um mês.

 

Próximo ponto de contacto, Zurique

O próximo contacto presencial do Comité Organizador das Finais da

Taça da Europa com a FIS será o congresso anual que se celebra no outono

na localidade suíça de Zurique.