O êxito desportivo e mediático das Finais de 2019 justifica a aposta na candidatura de umas novas Finais da Taça do Mundo em 2023 em Grandvalira
A estação obtém um eco mediático de 17,2 milhões de euros nos meios de comunicação internacionais

O evento celebrado nos sectores de Soldeu El Tarter registou 35 milhões de telespetadores em direto, números superiores a sedes clássicas como Kitzbühel (AUT) ou Wengen (SUI).

No total, 38 canais de televisão de 23 países emitiram as provas em direto.

Andorra la Vella, 4 de junho de 2019. "Uma das finais mais bem organizadas da História". São palavras da Federação Internacional de Esqui (FIS) que voltaram a ouvir-se na última FIS Calendar Conference, celebrada em Dubrovnik na semana passada. O êxito desportivo e mediático "é um estímulo para seguir em frente e voar mais alto", conforme afirmou esta manhã, na apresentação dos resultados de retorno mediático, o cônsul maior de Canillo e presidente do Comité Organizador, Josep Mandicó. Aludindo a estas palavras, o vice-presidente da Federação Andorrana de Esqui (FAE), Patrick Touissant, anunciou que a FAE e Grandvalira apostam na candidatura de umas novas Finais da Taça do Mundo de esqui alpino em 2023.

A estação obteve um eco mediático nos média de 17,2 milhões de euros, embora "sejam números de apenas alguns países, como Andorra, Espanha, França, Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Noruega e Suécia". Foi o que especificou Conrad Blanch, diretor-geral do Comité Organizador das Finais de 2019, que acrescentou que "há um antes e um depois no mundo do esqui após este evento. Há um sentimento unânime de respeito e reconhecimento para com Andorra".

Outro dos indicadores mais esperados eram os índices de audiência da retransmissão televisiva produzida pela Infront. As imagens de Andorra e dos Pirenéus foram emitidas num total de 23 países através de 38 canais de televisão que, ao oferecerem as provas, conseguiram uma audiência de 35 milhões de telespetadores em direto. As Finais da Taça do Mundo Andorra 2019 foi o evento do circuito da Taça do Mundo que registou os melhores índices de audiência na televisão esta temporada, superiores aos de sedes tradicionais como Kitzbühel (Áustria) ou Wengen (Suíça).

De 13 a 17 de março, o share médio (taxa de audiência) das Finais de 2019 foi de 7%, com picos de mais de 35% em alguns países de tradição alpina. Por outro lado, o relatório da empresa externa (Nielsen) que efetua a medição do impacto televisivo também indica que, entre diretos, diferidos e programas, produziu-se um total de 1.180 horas de emissão.
 

O futuro na Taça do Mundo

Feito o balanço do maior evento desportivo que alguma vez o país acolheu, Andorra não para e mantém firme a aposta em continuar na elite do esqui alpino. O recém-nomeado chefe do Governo, Xavier Espot, manifestou durante a apresentação de hoje a vontade do Executivo andorrano de continuar a apoiar a FAE e Granvalira com o desporto nacional de competição com a candidatura às Finais da Taça do Mundo de 2023. Nos anos que as precedem, a estação prevê acolher alguma nova edição da Taça da Europa.


THE 2019 WORLD CUP FINALS IN FIGURES:

17.2 milhões de € de retorno mediático (valor publicitário equivalente) em Andorra, Espanha, França, Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Noruega e Suécia
8.2 milhões de € de eco mediático nos média espanhóis (Fonte: Acceso)
3.2 milhões de € de eco mediático nos média franceses (Fonte: Kantar Media)
5.8 milhões de € de eco mediático nos média internacionais de imprensa escrita e online (USA, UK, IT, NOR, SWE) (Fonte: Kantar Media)
576 milhões de leitores, ouvintes e telespetadores em Espanha
+210%  mais retorno nos média espanhóis que na Taça do Mundo de 2016
+90%mais retorno nos média franceses que na Taça do Mundo de 2016 + 4.000 visitas nos média nacionais e internacionais
35 milhões de telespetadores em direto
23 países com direitos de retransmissão televisiva
38 canais de televisão emitiram as provas em direto
7% de share médio
24.5 milhões de telespetadores em direto em Kitzbühel (AUT), 22 milhões de telespetadores em direto em Wengen (SUI)
437 profissionais de comunicação acreditados de 125 meios de comunicação de 15 países
184 técnicos de televisão no local
14 televisões no local
14 emissoras de rádio presentes
73 fotógrafos

 

 

Tags