A FIS qualifica como "excelente" o dossier de candidatura dos Campeonatos do Mundo Andorra 2027
Na apresentação hoje realizada, a federação internacional realçou o alto nível dos aspetos mais relevantes do projeto relacionados com a capacidade organizativa do país dos Pirenéus

Andorra la Vella, segunda-feira, 28 de setembro de 2021. Andorra apresentou hoje oficialmente o conteúdo do dossier de candidatura para acolher os Campeonatos do Mundo de esqui alpino em 2027. Durante a videoconferência de quase duas horas perante a Federação Internacional de Esqui (FIS), coube ao responsável máximo do projeto, David Hidalgo, aprofundar em detalhe os pontos mais relevantes de cada uma das áreas que se trabalharam para demostrar que o país dos Pirenéus tem capacidade organizativa para receber o evento de maior dimensão do mundo do esqui alpino de competição.

 

Por parte da FIS, participaram os diretores da Taça do Mundo masculina e feminina, Markus Waldner e Peter Gerdol, que classificaram a candidatura como "muito completa e de alto nível". O diretor da FIS, Philippe Gueisbuhler, também teve boas palavras e assinalou que "o nível de detalhe que foi apresentado demonstra que está tudo sob controlo". E acrescentou: "Foi uma apresentação fantástica". Também estiveram presentes o coordenador do comité da Taça do Mundo, Bernhard Russi; Jürg Capol, responsável de marketing; Jenny Wiedeke, diretora de comunicação; Heinz Gurtner, de FIS Travel, e Sandra Spitz, de atividades paralelas.

 

No final da apresentação, o organismo internacional abordou a possibilidade de tratar a calendarização das datas e interessou-se pelo transporte dos atletas desde os cenários da competição, os setores de Soldeu e El Tarter de Grandvalira, até ao centro de Andorra la Vella, onde se prevê que tenham lugar as cerimónias de entrega dos prémios, que serão retransmitidas em direto pela televisão para todo o mundo.

 

A apresentação de Andorra, que se realizou no âmbito da reunião anual de outono em Zurique, foi a última da jornada. Foi precedida pelas candidaturas de Crans Montana (SUI), Garmisch-Partenkirchen (GER) e Narvik (NOR).

 

O processo de avaliação por parte da FIS continuará nos próximos meses e os especialistas de cada área elaborarão um relatório de avaliação que será disponibilizado aos membros do conselho, que votarão no congresso de Vilamoura (Portugal), no próximo mês de maio.

 

 

No link seguinte, encontrará o material gráfico:

Fotos do dia: https://we.tl/t-ixKYlYXQCY

Imagens e declarações: https://we.tl/t-vC7BPH5UtT